Picos-PI, 5 de janeiro de 2023
Cidades

Suposto “Bolsa Picanha” causa alvoroço em Oeiras-PI; prefeitura nega benefício

Um suposto “Bolsa Picanha” está dando o que falar em Oeiras, a 281 km de Teresina, na região Sul do Piauí. Populares estariam se direcionando ao Centro de Referência da Assistência Social (Cras) da cidade para receber o pseudobenefício que supostamente estaria sendo distribuído à população pelo Governo Federal.

De acordo com as informações, o alvoroço começou após a divulgação de um voucher na cidade oeirense, provocando a corrida dos cidadãos para que pudessem garantir o vale. A imagem está circulando pela região do Sul do Piauí.

Suposto voucher que garantiria o “benefício” (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

PREFEITURA SE PRONUNCIA
Em contrapartida, a Prefeitura Municipal de Oeiras, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), emitiu um comunicado através das redes sociais desmentindo a informação de que estariam sendo distribuídas carnes para a população.

INÍCIO DA “GUERRA DA PICANHA”
Em 10 de outubro de 2022, o então candidato a presidência da República nas Eleições 2022, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), discursava para apoiadores durante encontro em São Paulo e destacava áreas como economia, educação, meio ambientes, entre outros setores.

Em um dado momento, Lula ressalta a participação do Brasil como grande produtor no agronegócio, devido à alta tecnologia empregada, e que hoje produz mais que antigamente.

Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Reprodução)

Na sequência o então candidato faz uma colocação para os espectadores do evento. “E eu ainda estou prometendo que o povo vai comer picanha?”, disse com risos para a plateia.

A fala foi usada fora de contexto, onde o termo foi usado para prometer que a qualidade de vida da população iria melhorar em seu eventual governo, podendo assim os brasileiros terem maior poder econômico e adquirir o famoso corte bovino.

Fonte: Oito e meia

BANNER SQUARE FINAL

Deixe um comentário