Picos-PI, 5 de dezembro de 2019
Cidades

Floriano teve em três horas 70% do volume de chuva esperado para dezembro

A cidade de Floriano, a 247 Km de Teresina, registrou nesta quarta-feira (04) um fenômeno atípico em pleno B-R-O-Bró. No intervalo de apenas três horas, choveu na cidade 70% do volume esperado para todo este mês de dezembro. Os dados constam no monitoramento do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

A precipitação foi intensa e deixou a cidade debaixo d’água. Ruas ficaram alagadas, houve formação de correnteza e pelo menos duas residências desabaram, segundo a Defesa Civil Municipal de Floriano.

Prédios públicos também foram afetados peça força da chuva. O Mercado Municipal de Floriano, por exemplo registrou acúmulo de água no teto, o que causou a formação de pequenas cascatas nas laterais do local. Já os corredores do Hospital Regional Tibério Nunes, que atende Floriano e os municípios nos arredores, acabaram acumulando água.

No entanto, mesmo com corredores alagadas e funcionários tendo que usar rodos para dispersar a água, a unidade de saúde não teve seus atendimentos prejudicados nem prejuízos na parte técnica e de infraestrutura.

A assessoria do Hospital Tibério Nunes informou que a unidade alagou em alguns pontos devido ao declive do terreno onde ela está localizada, o que acarreta recebimento de maior quantidade de água que vem da rua. Não foram identificadas goteiras nem houve falta de energia e como o hospital não estava recebendo pacientes ainda no horário da chuva, não houve problemas quanto à agenda de atendimentos do dia.

Na UTI, uma criança precisou ser mudada de lugar porque sua maca estava próxima à janela e ela recebia respingos da chuva. Apesar dos imprevistos, o Hospital Tibério Nunes está com seu funcionamento normal nesta quinta-feira (05).

BANNER MATÉRIA FINAL 2

Deixe um comentário