Picos-PI, 22 de julho de 2021
Política

Georgiano diz que governo se refere ao PSD com condicionante e pede resposta concreta

Georgiano Neto – Foto: Roberta Aline

O deputado Georgiano Neto cobra uma resposta do governador Wellington Dias (PT) com relação a participação do partido na chapa majoritária, que vai representar a base aliada em 2022. Segundo ele, são colocadas condicionantes para a participação da sigla. Mas o partido espera uma resposta concreta.
O governo avalia duas possibilidades. A primeira condicionante seria o governador não sair candidato ao senado. Com isso o deputado Júlio César Lima ficaria com a vaga. Na segunda condicionante, o governador sairia candidato ao Senado e, se eleito, assumiria uma vaga de ministro, caso o ex-presidente Lula (PT) seja eleito presidente. Neste caso, o PSD ficaria com a suplência de senador.

“O PSD pela força que se tornou precisa tratar de maneira bem objetiva. Sabemos que são situações que podem vir a acontecer, mas que toda vez que alguém do governo se refere ao PSD, se refere com um condicionante. Precisamos tratar de maneira bem objetiva, transparente, assim como fazemos da nossa parte, e buscar o melhor entendimento. Estamos buscando nosso espaço. O que queremos é um justo reconhecimento. Queremos uma valorização do partido. É algo que aguardamos até porque temos tempo e não nos incomoda porque caso não aconteça vamos sentar e avaliar qual o melhor cenário para o partido”, destaca.
Segundo o deputado, o partido sofre assédio da oposição, mas não faz jogo duplo com o governo.

“Sempre tivemos um melhor relacionamento com o deputado Júlio, com o próprio senador Ciro Nogueira. Há um respeito do nosso partido. Apoiamos ele em 2018. Existe um assédio natural ao PSD, mas é bom que se diga que não existe jogo duplo da nossa parte. Estamos sendo muito transparente tanto com o governo quanto com os membros da oposição que nos procuram. Queremos uma definição do governo de como será a participação do PSD na chapa majoritária”, destaca.

Para o deputado, o ideal é que uma resposta possa ser apresentada o mais rápido possível.
“Acho que o mais rápido possível. Já temos o nome do Rafael como o pré-candidato a governador. É algo bem desenho. Um grande nome, jovem, um grande técnico que desponta como uma liderança em crescimento no Piauí. Tem nossa admiração e respeito. Espero que essas definições aconteçam ao longo dos próximos meses. Até o final do ano seria a data ideal”, destaca.

BANNER SQUARE FINAL

Deixe um comentário