Picos-PI, 25 de março de 2021
Cidades

Câmara de Picos reúne comerciários e lojistas para discutir lockdowns e antecipação de feriados

Na manhã desta quarta-feira, 24, a Câmara Municipal de Picos realizou uma reunião com representantes comerciários e lojistas de Picos, Poder Público Municipal e a OAB, para discutir os futuros lockdowns e antecipações de feriados, buscando alternativas para minimizar os prejuízos dos setores.

Câmara de Picos reúne comerciários e lojistas de Picos para discutir lockdowns e antecipação de feriados

Participaram da reunião os vereadores Chaguinha (PTB), Wellington Dantas (PT), Eriberto Barros (PP), Dalva Mocó (PTB), Pedro Pio (PP), Gilson Nunes (PTB), Toinho de Chicá (PP) e Valdivia Santos (PT), Secretário de Saúde Aldo Gil, Vice-prefeita Xandú Neri, Procurador Geral do Município Antônio Júnior, representantes da OAB, do Associação Comercial, Associação dos Micros e Pequenos Empresários (AMIPI), da Câmara de Dirigentes Lojista de Picos (CDL) e do Sindicato dos Comerciários de Picos.

Reunião da Câmara de Picos

Segundo o presidente da Câmara de Picos, o vereador Francisco das Chagas de Sousa, o Chaguinha (PTB), a reunião foi convocada devido à classe comercial ser a mais afetada.

“Nessa oportunidade, nós tratamos dos futuros lockdowns e das antecipações de feriados aqui na nossa cidade. Como a classe empresarial é a mais afetada em todos os lockdowns e todas as antecipações de feriados, nós resolvemos convocar essas entidades para discutirmos e aqui encontramos algumas alternativas como a da feira livre que normalmente é antecipada para a sexta-feira, ficou acordado de que o Procurador irá falar com o Prefeito para que haja uma mudança, em vez de na sexta-feira, a feira livre do centro continue sendo aos sábados e a feira livre do junco aos domingos” disse.

Presidênte da Câmara, vereador Chaguinha (PTB)

Ainda segundo Chaguinha, a câmara deve apresentar um projeto de lei que inclua o setor de óticas como serviço essencial.

“Vamos encaminhar a pedido da Associação Comercial e da CDL, o reconhecimento da atividade de optometria, que são as lojas de óticas, como atividade essencial. Foi aqui questionado como um médico poderia atender sem óculos, como o motorista poderia dirigir sem óculos, então ele precisa de ter essa atividade como essencial. Então havendo esse reconhecimento, já é mais um avanço dentro das atividades essenciais, e também discutimos outros pontos que deixamos aqui a classe empresarial satisfeita dessas discursões e agora vamos aguardar as manifestações do poder público municipal. E a nossa parte aqui enquanto poder legislativo também vamos cuidar para legalizar todas essas ações” finalizou.

A reunião aconteceu na sala da presidência da Câmara Municipal de Picos.

BANNER MATÉRIA FINAL

Deixe um comentário