Picos-PI, 10 de junho de 2020
Educação

Alepi aprova descontos em mensalidades durante suspensão das aulas

O plenário da Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira (9), em primeira e segunda votações e redação final, durante sessão virtual, o Projeto de Lei Ordinária n° 64/2020, de autoria dos deputados Gessivaldo Isaías (Republicanos) e Henrique Pires (MDB), que dispõe sobre a redução escalonada nos valores das mensalidades escolares pagas pelos estudantes das escolas particulares do Piauí durante a suspensão das aulas por conta da pandemia da Covid-19. Agora segue à sanção do governador Wellington Dias (PT).

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

A proposição, que recebeu emenda substitutiva, prevê que as mensalidades serão reduzidas em 15% nas escolas com até 200 alunos, 20% nas que tiverem entre 201 e 501 alunos, de 25% nas que contarem entre 501 a mil alunos e 30% nas que tiverem acima de mil estudantes matriculados. Os descontos deixarão de ser aplicados com o final da pandemia.

As medidas valem também para instituiçõe de ensino superior. As unidades de ensino que possuam calendário escolar regular, com previsão de recesso semestral, poderão aplicar o desconto a partir do 31º dia de suspensão das aulas.

Segundo a lei, o não cumprimento da determinação pode gerar multa diária de R$ 5.000,00 até o limite de R$ 300 mil, que será convertido em doações para aquisição de EPI’s.

Gessivaldo Isaías agradeceu em seu nome e do deputado Henrique Pires a aprovação da matéria, argumentando que a redução beneficiará os pais que perderam renda com a crise financeira causada pelo novo coronavírus e não podem pagar as mensalidades.

A deputada Teresa Britto (PV) disse que o PL era uma proposta complexa por isso precisou ser debatido em audiência pública para que fosse aperfeiçoado, enquanto o deputado João de Deus (PT) parabenizou os autores do Projeto de Lei.

 

 

CidadeVerde

BANNER FINAL MATÉRIA 01

Deixe um comentário