Picos-PI, 10 de dezembro de 2021
Esporte

Abelhas Rainhas comemoram vaga na final do Piauiense feminino

As Abelhas Rainhas, equipe da cidade de Picos, avançaram à decisão do Campeonato Piauiense feminino. O time derrotou o Tiradentes-PI, por 3 a 2, na última rodada da fase de classificação, realizada no Lindolfo Monteiro, em Teresina, nesta quinta-feira. Após sofrerem o 2 a 0, as Abelhas arrancaram a virada no fim. A ida à final representa MUITO: há uma semana, o elenco sofreu assalto enquanto deixava o estádio, e uma atleta sofreu abuso sexual de um dos assaltantes. Veja os gols no vídeo acima.

Abelhas Rainhas comemoram vaga na final do Piauiense feminino — Foto: Reprodução

Com a vitória na última rodada, as Abelhas Rainhas pegam o Teresina na decisão. A equipe da capital venceu o Fluminense-PI por 3 a 2 e também tenta o título. Apenas o campeão piauiense garante vaga na Série A3 do Brasileirão feminino 2022. A decisão, em jogo único, ocorre no domingo, às 16h, no Lindolfo. Em caso do empate no tempo normal, a taça será nos pênaltis.

– A gente procurou força onde não teve. Há uma semana, isso não podemos deixar de falar, as meninas passaram por uma situação conturbada, as meninas ainda estão abatidas. Elas foram guerreiras, conseguimos a vitória. Não é uma qualquer, é uma vitória sobre o maior rival das Abelhas Rainhas, era o atual campeão . Agora é pensar na final – comemorou o treinador Begão.

Abelhas Rainhas — Foto: Arthur Ribeiro/ge Piauí

– A gente faz rifa, bingo, tem que pedir um a outro, tem que se abdicar para treinar. É um fator de coisas que vem agora e nos fortalece – disse o técnico.

O Tiradentes-PI fez 2 a 0, com Ana Maria e Eliene. A vantagem ficou assim por todo o primeiro tempo. Na volta do intervalo, as Abelhas diminuíram com Rayara. Ana empatou, e Rayara acertou um chute aceito pela goleira das Tigresas, aos 34 do 2ºT.

As Abelhas Rainhas encerraram a fase de classificação com nove pontos, foram três vitórias e uma derrota. Antes de vencer o Tiradentes-PI por 3 a 2, o time bateu o Skill Red por 9 a 0 e derrotou o Teresina por 1 a 0. O único revés foi para o Fluminense-PI, por 3 a 2.

Entenda o caso

As integrantes das Abelhas Rainhas foram rendidas em um assalto praticado por dois homens não identificados, após a derrota por 3 a 2 para o Fluminense-PI. Eles usavam uma faca.

Ao deixar o estádio Lindolfo Monteiro, Quitéria Alves, presidente do clube, teve a bolsa levada. Na abordagem, uma atleta foi abusada sexualmente dentro do ônibus.

Segundo Quitéria, a atleta deixou o ônibus em estado de nervos e chorando. A jogadora disse que foi tocada pelo homem, que passou a mão nos seus seios e desceu, de acordo com o relato da dirigente.

– Essa outra (jogadora) disse que foi tocada, então a menina saiu em estados de nervos, de choro. Uma situação constrangedora e triste, que o futebol feminino é obrigado a passar – narrou a presidente. Ela informou que foi tocada nos seios e que ele desceu a mão.

Para dispersar os assaltantes, a polícia fez disparos – barulho que paralisou uma outra partida no estádio – e iniciou a caçada à dupla. Eles, porém, fugiram e deixaram para trás os pertences levados. A bolsa da presidente, com dinheiro para pagar as despesas do clube, foi recuperada. Ninguém foi preso. Não houve registro do boletim de ocorrência.

Quitéria Alves, em entrevista à Rede Clube, informou que ao relatar o caso à FFP ouviu que eram elas “as erradas nesta situação”.

No retorno das Abelhas Rainhas ao estádio, após as cenas de horror, a Polícia Militar esteve presente e a saída foi tranquila. As Abelhas Rainhas venceram o Skill Red por 9 a 0, e o técnico Begão explicou que o grupo teve apoio de um psicólogo.

As Abelhas Rainhas totalizam 600km de viagem para jogar o Campeonato Piauiense. O time é o único do interior do estado que joga o estadual. Para reduzir custos, a equipe pega a estrada no mesmo dia em que joga.

Fonte: GE-PI

BANNER SQUARE FINAL

Deixe um comentário