Picos-PI, 9 de novembro de 2020
Saúde

Novembro Azul: por que o homem deve cuidar da saúde?

Prevenir é sempre melhor do que remediar. Isso todo mundo já sabe. Mas porque se investe maciçamente em campanhas como esta que estamos passando agora no mês de novembro, chamada de Novembro Azul?

A campanha Novembro Azul surgiu em Melbourne na Austrália em 2003 como um movimento para chamar a atenção para que os homens cuidem de sua saúde. Como o câncer que mais mata os homens é o câncer de próstata e, em 17 de novembro é o dia dedicado para se falar sobre este tipo de câncer, os movimentos foram associados, dado que, historicamente os homens não tem o hábito de visitar regularmente médicos, em especial na área de urologia, por mero tabu.

Diferente da mulher, a grande maioria dos homens só procuram o serviço médico quando já sentem efeitos da doença. No caso específico da próstata quando o homem vai várias vezes ao banheiro, não consegue esvaziar totalmente a bexiga ou o jato de urina é fraco. Estes são sinais de próstata aumentada que pode ser um crescimento benigno ou a presença de tumor prostático. Todavia, só é possível ter certeza com o acompanhamento médico.

O diagnóstico do câncer de próstata é feito a partir de uma combinação de exames como as taxas do Antígeno Prostático Específico (PSA), uma proteína produzida pela próstata que é detectável no sangue e o toque retal, no qual o urologista examina o tamanho e a superfície da próstata, além de outros exames recomendáveis quando estes dois estão alterados a partir de uma determinada idade do paciente. A polêmica maior gira em torno exatamente do toque retal. Questões que fogem à racionalidade são impeditivos para que alguns homens passem por este procedimento.

Na semana que passou estive acompanhando meu pai na ida ao urologista. Em conversa com o Dr. Rodrigo Beserra, um ex-aluno para quem tive o prazer de ensinar Biologia, ele nos explicou que a próstata precisa ser examinada vez por outra por prejudicar fortemente o cotidiano do homem. E a prevenção é muito importante, dado que a necessidade de intervenção pode levar a quadros de incontinência urinária (o paciente não consegue segurar a urina o que o obriga a usar fraldas geriátricas) ou a impotência sexual. Impedir todas estas situações é possível, dado que o aumento da próstata pode ser evitado logo no início do processo.

Prevenir é sempre melhor do que remediar, especialmente no caso da saúde da próstata. Aproveite que estamos em novembro e procure seu urologista.

Boa semana para todos (as).

 

 

CidadeVerde

Deixe um comentário