Picos-PI, 3 de setembro de 2020
Esporte

Série B do Campeonato Piauiense será em outubro com três times

A Federação de Futebol do Piauí (FFP) confirmou, nesta quarta-feira (2), a realização da Série B do Campeonato Piauiense com três equipes, entre os dias 3 e 24 de outubro.

Efetuaram e tiveram solicitação de inscrição aceita pela FFP o Oeirense, terceiro colocado em 2019, Fluminense, que desistiu do torneio do ano passado antes da disputa, e Tiradentes, que volta ao futebol masculino profissional.

Fotos: FFP

Em reunião na sede da Federação, clubes e entidade definiram que o torneio será disputado em sistema de pontos corridos, com jogos de ida e volta. Os dois primeiros colocados farão a final da Série B em jogo único, mas já terão acesso garantido para a Série A de 2021.

O torneio seguirá um plano de diretrizes técnicas com protocolos de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus. Entre as medidas estão testes de covid-19 e desinfecção dos estádios a serem utilizados na competição. Os jogos acontecerão sem presença de torcedores por conta da pandemia.

 

FFP já recusou Série B com menos de 4 times
Com três clubes inscritos, um deles com decisão pendente sobre multa por desistência no ano anterior, a Série B do Campeonato Piauiense não seria realizada pela Federação de Futebol do Piauí (FFP) em um passado não muito distante.

Pelo menos até 2016, a FFP só aceitava que o torneio tivesse ao menos quatro times inscritos. Isso foi alterado no Regulamento Geral de Competições ainda na gestão de Cesarino Oliveira, que faleceu no final de 2018. O número mínimo em vigor é de dois times para torneios locais e quatro para seletivas nacionais.

Em 2013, Altos e Ferroviário se inscreveram para a Série B, mas a FFP cancelou a realização do torneio sob alegação de que seriam necessários quatro times.

Em 2018, o problema foi outro: nenhum dos seis clubes inscritos apresentou laudos liberando os estádios para uso. O campeonato não aconteceu por não ter onde ser disputado, mas Cesarino Oliveira já afirmara na época que poderia fazer a Série B com pelo menos dois clubes, caso esses viabilizassem a participação.

Desistência do Flu em 2019 ainda será analisada
O Fluminense desistiu da Série B de 2019 mesmo após ter participado e assinado a ata do conselho arbitral, concordando que haveria punição em caso de abandono do torneio. Contudo, mais de um ano depois, o clube só foi formalmente notificado sobre essa possibilidade no início desta semana.

Em 8 de julho de 2019, no fim de semana seguinte ao conselho arbitral, o Fluminense desistiu da Série B. A Rádio Cidade Verde apurou que a FFP abriu processo administrativo contra o clube pela desistência somente na última segunda-feira, 31 de agosto de 2020. Formalmente, ainda não há punição, o que permitiu que a inscrição deste ano fosse aceita.

O regulamento da Série B prevê multa de R$ 50 mil em caso de desistência. Além disso, o regulamento geral de competições da FFP prevê afastamento por dois anos de todas as competições ou multa de até R$ 30 mil se um clube desistir do torneio.

A punição valeu para o Comercial em 2017, quando o clube apresentou desistência da Série A por dificuldades financeiras. No caso do Fluminense, a diferença está na contestação do regulamento após aprovação do mesmo.

 

 

CidadeVerde

BANNER FINAL MATÉRIA 02

Deixe um comentário